Garotas estúpidas: a pressão masculina e a bissexualidade na adolescência

garota

Assisti ontem o filme A Rede Social, sobre o criador do Facebook, Mark Zuckerberg. No início do filme Mark está desesperado para entrar para uma espécie de fraternidade de Harvard, e o filme mostra os bundões que já fazem parte da tal fraternidade dando uma festa e escolhendo na porta as meninas que poderão entrar. Lá dentro elas tiram a roupa, sobem nas mesas, requebram, e os bundões só curtindo.

Estas cenas me fizeram refletir sobre como existem meninas estúpidas que fazem qualquer coisa para serem aceitas por caras mais estúpidos ainda.

Não sou nenhuma catequista, não condenarei as meninas que sobem no palco, nem as que arrancam a roupa. Acho válido se a intenção é diversão e massagem no ego. Acredito que existam pessoas que curtem mesmo fazer bafão, então vai aí.

Mas infelizmente a realidade não é bem assim. Vi muita menina passar por cima da própria vontade para fazer bonito no grupo dos riquinhos. Assim, aliás, é que muitos jovens acabam viciando-se em drogas. É para chamar atenção também que muitas meninas começam a beijar outras meninas.

Talvez este texto esteja começando a soar mais reacionário do que eu gostaria, então vamos explicar:

Um dia perguntei para uma amiga, lésbica e mais velha, o que ela achava desta quase totalidade de adolescentes bissexuais de hoje: “Palhaçada.” Trinta anos atrás as meninas que gostavam de meninas forçavam-se a ficar com garotos para se encaixar. Hoje, a menina que não quer beijar a colega na boca é uma CDF sem graça. Violentar a própria sexualidade, para qualquer lado que seja, é uma lástima.

Se um dia a pessoa sentir vontade de experimentar, uma vontade verdadeira, ela provavelmente vai querer ter esta experiência de forma privada, e não em cima do balcão da balada, sem blusa. Usar a própria sexualidade como argumento de venda e convencimento não é legal. NOT COOL.

E depois: quem são esses babacas? Meninas e mulheres precisam aprender a se valorizar. Não dá para ter um paixonite por qualquer idiota e aceitar as “condições” dele para ficar com você. “Só beijo você se você beijar fulana.” Ah é? Então vaza. Tem que formar uma fila na porta para um retardado feioso escolher quem é gostosa o suficiente para entrar na festa? To fora, eu é que não quero entrar aqui!

Estas parecem conclusões tão simples e óbvias, não é mesmo? Então por que ainda tem tanta menina caindo nesse papo? Minha avó já dizia: antes só do que mal acompanhada!

Anúncios
  1. Bom o texto, é tão óbvio que as vezes passa desapercebido.

    • pan
    • 18 de Dezembro, 2010

    a merda é q muita gente vê isso e automaticamente julga toda menina bi como sendo alguém ensta situação, isso é muito muito chato mesmo. por isso que procuro não pré-julgar quando conheço uma garota jovem bi (eu sou bi tb)

  2. tudo depende do teu comportamento, pam. Existe uma diferença entre viver a propria sexualidade e usar ela para conseguir atenção.

    Se tu vive a tua vida tranauilamente nao vejo por que alguem interpretaria mal. Mas se tu beija meninas para divertir os garotos, ou qualquer pessoa que nao seja você mesma, aí existe um problema.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: