O homem perfeito: o que as mulheres querem?

As mulheres se esforçam imensamente para tentar ser tudo o que os homens querem. Lemos textos a respeito, discutimos o assunto, dizemos que não ligamos pra isso, mas seguimos nos interessando sobre o que passa na cabeça deles. Já os dito cujos… aparentemente não estão nem aí para o que esperamos deles.

Não é bem assim. Eles ligam, apenas não querem a nossa opinião. Guiam-se pela opinião masculina a respeito do assunto. Na prática cabeça masculina, não faz sentido ficar pesquisando a respeito se é senso comum que mulheres querem o cara mais rico e com o maior pinto que elas possa encontrar, certo?

Por mais que esses gênios do relacionamento já tenham resolvido o mistério, vou humildemente dar a minha opinião a respeito. Sei que entendo muito menos do assunto do que os caras no vestiário do futebol, mas vamos aí.

Não acredito em companheiro para o resto da vida. Poder-se-ia pensar que sofri muito na mão de cafajestes e me desiludi da vida, mas não foi isso que aconteceu. Desde criança nunca brinquei de casamento nem me imaginei com uma família enorme e vários filhinhos. Cresci, homens bacanas passaram pela minha vida, morei junto com meu ex por quase seis anos e adorava cada momento, mas não planejava a velhice.

Não existe homem perfeito, nem mulher perfeita para sempre. Existe a pessoa perfeita para aquele momento na sua vida. Você não é a mesma pessoa que era há dez anos e nem vai continuar igual na próxima década e na próxima. O caso é que as pessoas mudam, e a sua cara metade de hoje e você podem mudar em direções contrárias. Não é culpa de ninguém, “é a vida”. Por mais clichê que soe.

Grandes dramas acabam surgindo da dificuldade de aceitar que o relacionamento acabou porque vocês mudaram e não encaixam mais um na vida do outro. Procuram-se culpados, motivos obscuros, quando às vezes simplesmente é hora de tomar outro caminho. Dói, é claro. Você pode continuar tendo carinho por aquela pessoa para sempre, e, em almas mais evoluídas até virarem amigos. Forçar a convivência como cônjuges acaba levando infalivelmente à raiva mútua e ressentimento.

Eu não acredito no amor? Claro que acredito! Paradoxalmente sou a pessoa mais romântica que conheço. Aceitar que o amor acaba não muda o fato de que eu gostaria que ele durasse para sempre. Vejo reportagens com casais velhinhos que passaram a vida toda juntos e ainda andam de mãos dadas por aí, com todo carinho. Essas são pessoas que, ao longo das mudanças que a vida infligiu em suas personalidades, tiveram a sorte de mudarem na mesma direção, ou em direções complementares. Sorte e trabalho duro, claro. Quem sabe eu não vou ser um deles? Não é a grande meta da minha vida, mas seria muito bom ter para sempre esse calorzinho no meu peito, essa coisa tão aconchegante de amar e ser amada.

Mesmo com todas essas mudanças existem algumas características que as mulheres sempre buscam e admiram nos homens, independente de raça cor, credo, estilo ou idade. Conseguir conciliar todas é a fórmula para ser o companheiro perfeito.

Vamos a elas:

1 – Romantismo: poucas mulheres têm saco para o cara que chora no telefone, joga rosas de helicóptero, manda flores para o trabalho dela e compra almofadas de coração. Mas nos derretemos com coisas pequenas e inesperadas. Uma SMS de amor do meio do dia, um presentinho sem motivo, uma demonstração de carinho em público. Se não demonstrar, como saber que ele gosta da gente?

2 – Coragem. Pelo menos um mínimo é indispensável. Dar chilique na frente de uma barata é o fim. Ter coragem para tomar decisões e enfrentar a vida de cabeça erguida, de falar a verdade e de admitir os próprios erros com dignidade.

3 – Habilidade: a escolher. Gostamos de homens que podemos admirar e ter orgulho, então ter um talento é sempre muito interessante. Tocar um instrumento, contar boas histórias, ser engraçado, esperto, dirigir bem, desenhar, cozinhar, fazer esporte… não precisa de tudo, ter uma ou duas coisas acima da média nos deixa interessadas.

4 – Emprego. Esse item mistura um pouco com o anterior. Ter um emprego super interessante é bom, mas gostar do que faz, ou ter um plano para atingir uma meta mostra que você é comprometido com a vida. Não confundir com salário alto! A verdade é que são poucas as mulheres que escolhem baseadas em grana. Namorar pé rapado limita as opções de programa e as vezes é cansativo, verdade seja dita, mas um cara que tem um emprego normal e vontade de subir na vida é mais interessante do que um herdeiro rico e sem perspectiva.

5 – Companheirismo: é aquele cara parceiro, que topa encarar uma roubada para acompanhar, que participa das comemorações e também compra chocolate na TPM. Uma pessoa que te coloca pra cima quando o emprego não está legal, acredita na sua capacidade e espontaneamente faz o que pode para ajudar, sem esperar nada em troca. Também pode ser o cara que gosta ou topa os mesmos programas obscuros que a garota, desde filmes iranianos, rodeio, festa de criança, até a acompanhar uma ida ao supermercado.

6 – Pegada. Como o Ivan Martins escreveu, pegada é uma coisa muito vaga, mas que existe, existe! Para cada mulher de um jeito diferente. É o jeito de olhar, de tocar, também conhecida como “química”. Às vezes a pegada fica em último lugar. Se o cara é super bacana a gente até releva a falta de pegada, mas é o tipo de coisa que se não tem, mais cedo ou mais tarde vai deixar um climão de uma tonelada na relação.

7 – Diversão: meio que uma mistura de todos os itens. Manter a relação longa interessante depende dos dois, então por mais que o cara seja paradão, é necessário saber inventar novidades, propor um programa novo, fazer rir, brincar com as coisas chatas do dia a dia. Senão logo vira aqueles casais em que os dois estão permanentemente com cara de bunda e não existe mais emoção nenhuma.

8 – Aparência. Não vamos ser hipócritas. Mulheres ligam muito muito muito menos para aparência que os homens, mas ligam. Mais importante do que músculos é charme. Saiba valorizar o seu tipo de corpo e cuide para não ser magricela nem gordão. Fora isso tá tudo ok. Limpinho, cheiroso, roupa bonita, é isso aí. Você não precisa ser o Jerry O´ Connell, mas não deixe o padrão cair. Mantenha-se tão bonito ou mais do que quando ela conheceu você.

Resumindo, mulheres adoram clichês. Romantismo, coragem, pegada… nenhuma novidade. Mais do que tudo isso, as mulheres hoje querem

9 – Respeito. Vivemos tendo que nos provar, no trabalho e na vida. Por isso o homem perfeito demonstra que respeita sua companheira. Seus sentimentos, seus empregos, suas opiniões. Se você não concorda com algo, converse a respeito. Tratar a namorada como se fosse uma criança, ser condescendente, ignorando ou menosprezando o que ela tem a dizer, é pedir um bilhete só de ida pro Cazaquistão. Nesse item também entram mentiras e traição. Se não está a fim de namorar, não namore. Se namorar, respeite.

Parece pouco? Você se surpreenderia com a dificuldade de encontrar um cara tom todos estes intens de fábrica.

Anúncios
  1. Não sei se ficou legal quebrado em duas páginas…. será que todo mundo vai entender que tem que clicar em Read More?

  2. Achei muito bom o texto! Só discordo na parte de companheiro para o resto da vida: eu acredito sim!
    E acho que se a gente consegue encontrar um homem com todos esses itens q vc listou (é difícil, mas existe!), pode ter certeza que encontramos alguém para o resto da vida, depende da nossa capacidade de saber compreendê-lo também!

    • É verdade, quem quer tudo isso tem que fazer força para merecer… pretendo explorar isso em outro texto! 🙂

      Tomara que tu encontre o amor eterno, tu merece!

    • Savinho
    • 17 de Novembro, 2010

    Parabéns pelo texto!

    • Mariana Trichez @mirind4
    • 21 de Novembro, 2010

    Bom…como sempre minha amiguinha Ana sempre escrevendo coisas super interessantes…to virando leitora assídua!

    Porem devo discordar de algo…acredito em amor para toda a vida e não pq seguem o mesmo caminho, mas sim pq acredito q a inteligência do amor a dois eh extremamente compreensiva, afinal uma vida a dois eh cheia de diferenças, altos e baixos, idéias opostas…etc…e tolerar as diferenças,alem de abrir mão de algumas coisas faz parte disso, da administração do relacionamento.
    Para alguns uma logística complicada, mesmo pq se administrar sozinho eh bem mais fácil do q administrar dois, três ou quatro (meu caso).
    Mas, lógico, se não existir o tal amor e uma boa pitada de tesão, uma colherinha de cumplicidade…não vai durar a vida toda, mas pode durar alguns deliciosos dias, semanas, meses, ou ateh um ano…

    Amem muito, mesmo q por pouco tempo!

    Fui!!!

    PS: Ana aceita esse q estah corrigido!

    • confidente
    • 22 de Novembro, 2010

    temos que aprender a viver com o nosso semelhante.
    muitas das vezes ezigimos coisas que nós mesmos não conseguiriamos cumprir…
    nós mulheres fomos feitas para o lar, a paz…
    os homens foram feitos para o mundo e a guerra…

    está no genes, no pscicologico do homem, à infidelidade, procriaçao no sentido de preservar a especie humana.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Anúncios
%d bloggers like this: